Dr. Máximo Torero Cullen

Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO)

O Dr. Máximo Torero Cullen é o Economista-Chefe da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Ingressou na Organização em janeiro de 2019 como Diretor-Geral Adjunto do Departamento de Desenvolvimento Económico e Social. Antes de ingressar na FAO, foi Diretor Executivo do Grupo do Banco Mundial para a Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai desde novembro de 2016 e, antes do Banco, o Dr. Torero liderou a Divisão de Mercados, Comércio e Instituições no Instituto Internacional de Investigação sobre Políticas Alimentares (IFPRI). O seu principal trabalho de investigação reside principalmente na análise da pobreza, da desigualdade, da importância da geografia e dos activos (privados ou públicos) na explicação da pobreza, e nas políticas orientadas para a redução da pobreza com base no papel desempenhado pelas infra-estruturas, instituições e na forma como os avanços tecnológicos (ou descontinuidades) podem melhorar o bem-estar das famílias e dos pequenos agricultores. A sua experiência abrange a América Latina, a África Subsariana e a Ásia.

O Dr. Torero, de nacionalidade peruana, tem um doutoramento e um mestrado em Economia pela Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA), e uma licenciatura em Economia pela Universidade do Pacífico, Lima, Peru. Ele é professor em licença na Universidade do Pacífico (Peru) e Alexander von Humboldt Fellow na Universidade de Bonn, Alemanha e também publicou em revistas de topo (QJE, Teoria Econométrica, AER-Applied Microeconomics, RSTAT, Economia do Trabalho e muitas outras revistas de topo).

O Dr. Torero recebeu, em 2000, a Bolsa de Investigação Georg Foster da Fundação Alexander von Humboldt, ganhou o Prémio para Investigação Excecional sobre Desenvolvimento atribuído pela The Global Development Network, por duas vezes, em 2000 e em 2002, e recebeu o Chevalier de l'Ordre du Mérite Agricole em 2014.

Sessões